“Negão do Whatsapp” fez dança e acabou dançando….

 

São Paulo – Um concurso de fantasia durante a festa de fim de ano da Salesforce no Brasil, empresa norte-americana de softwares sediada no Vale do Silício, resultou em três demissões, incluindo a do presidente da filial nacional, Maurício Prado, segundo o jornal Folha de São Paulo.

O motivo: um dos funcionários, Daniel Prado,  “se vestiu” de “negão do Whatsapp”, um conhecido meme que circula no aplicativo de troca de mensagens em que um homem negro aparece com uma toalha azul no ombro e o pênis à mostra.  Sua fantasia ficou em quarto lugar no concurso, promovido pelo RH da empresa. A foto dele, ao lado do diretor comercial de outros funcionários, foi vista pela liderança da empresa, na sede da multinacional nos Estados Unidos, em São Francisco, que ficou chocada. Na imagem, ele aparece com uma toalha no ombro exibindo uma prótese para simular o personagem.

Segundo a reportagem, uma das versões da história é a de que a matriz teria pedido que o funcionário, que seria da equipe de vendas, fosse demitido. O diretor comercial teria tentado defender a permanência do funcionário, usando o argumento de que os brasileiros são mais liberais e por isso, também teve a demissão decretada.

Nesse momento, o presidente da Salesforce no Brasil, Maurício Prado, tentou intervir. Ele teria dito que a punição era exagerada para um fato que não passava de uma brincadeira. Resultado: também demitido.

A falta de clareza na disseminação da cultura e dos valores pode ser um dos principais motivos para a crise que se instaurou na Salesforce e derrubou um funcionário, o diretor comercial e o principal executivo da filial brasileira.

A Salesforce, por exemplo, é tida como empresa mais liberal, como é comum entre as companhias instaladas no Vale do Silício. Mas a sua liberalidade encontrou um limite intransponível. “A questão racial”,  sobre o fato de que a “brincadeira” ultrapassa a esfera da vulgaridade e toca  também em outro ponto sensível, estereótipo de raça. Existe o medo é que tenha reflexo no produto da empresa, consumido por todas as raças”,

O que poderia ter ocorrido é  pedir desculpa, estabelecer e comunicar um plano de ação para usar o caso  de exemplo na orientação dos funcionários brasileiros sobre a cultura da empresa.

E no braço de ferro entre sede e filial, levou a pior, obviamente, o time brasileiro que ficou sem dois dos seus principais executivos, Mauricio Prado , Rodrigo Pinto , além do autor da “premiada” fantasia, Daniel Prado.

O prejuízo, no entanto, será compartilhado entre sede e filial. “Vai levar tempo para levantar o ânimo da equipe depois do que aconteceu e da maneira como ocorreram as demissões. O time de vendas é parte do coração da empresa”, diz ele. É esperar e conferir se o caso, e a consequente troca de comando, vai respingar nos resultados da Salesforce no Brasil.

Quem assume interinamente o lugar de Mauricio Prado, na Direção Geral , é Enrique Ortegon, atual responsável pela operação na América Latina. Ortegon assume a função de general manager (diretor geral) para Brasil e países hispanos.

A polêmica foi divulgada nesta sexta-feira (05/01) pelo jornal Folha de S. Paulo. Segundo a reportagem, a festa promoveu um concurso de fantasias com prêmio em dinheiro para os vencedores. Uma das caracterizações teria causado desconforto na sede da empresa, nos Estados Unidos. Além de Prado, foram desligados da empresa o diretor comercial Rodrigo Pinto e o funcionário Daniel Prado.

Segundo VEJA apurou, o presidente foi demitido após uma denúncia de um funcionário através de canais internos da Salesforce. Na festa em questão, a empresa promovia um concurso de fantasias, que previa premiação de 3.000 reais em dinheiro para quem fosse mais votado. Ao contrário de outras informações divulgadas sobre o caso, os superiores do executivo de contas foram dispensados no mesmo dia, e não teriam saído por se oporem à demissão do funcionário fantasiado.

“Negão do Whatsapp” do Daniel Prado

O posicionamento do presidente e do diretor, defendendo o funcionário, teriam levado ao desligamentos de todos. 

O negão do Whatsapp dançou mesmo !!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s