O templo – Suas origens e tradições

em

O templo é um reflexo do mundo divino. Sua arquitetura existe à imagem da representação do divino que têm os homens: Os templos hindus, os templos em Acrópole – a sabedoria e o amor nos templos cristãos , a aliança entre a terra e o céu nas mesquita. Tudo fazem parte do mesmo universo.

A palavra templo está ligada à observação do movimento dos astros. O templum significava, primitivamente, o setor celeste que a àgora romana delimitava com o auxílio do bastão.

O templo é a habitação de Deus sobre a terra, o lugar da Presença real. Todo templo situa-se, também, no equilíbrio do Palácio celeste e portanto no centro do mundo.

O Templo de Salomão não é o único a envolver um simbolismo cósmico. Todos os templos autênticos o fazem e as obras Schwaller, de Lubicz ainda recentemente o confirmaram.

O templo simboliza o caminho que leva do Ocidente ao Oriente, ou seja, da direção da luz. É o lugar sagrado simbólico.

O altar é o catalisador do sagrado. É o recinto onde o sagrado se condensa com o máximo de intensidade.  Por isso que ele é mais elevado (altum) em relação a tudo o que o rodeia.

O altar simboliza o recinto e o instante em que um ser se torna sagrado, onde se realiza uma operação sagrada.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s