Venerável Dalai Lama – do Susto a paz !!!

cm-tribuna-de-vitoria-em-pratos-limpos_mario_ameni_cacalima_amenimario-79
Oi, gente!
 Mário Ameni escreveu contando algumas histórias bem interessantes que ele já vivenciou como budista. Vejam que interessante. 
Fui levado ao budismo pela Cláudia Proushan, que pertence ao Centro de Dharma da Paz, há 25 anos (acho que é isso). Fizemos na extinta Eletropaulo uma Semana da Espiritualidade, onde vários segmentos participaram: Umbanda, Candomblé, Católicos e Budistas. Lembro que fui buscar Liu Pai Lin, o maior mestre de Tai Chi Chuan, já falecido. Ele era energia pura… (Quando estive com o Dalai Lama, alguns anos depois, senti essa mesma energia, num campo periférico). A partir dessa Feira da Espiritualidade, comecei a ler e conhecer mais o budismo Tibetano.
dalailama-030214_amenimario
Sou uma pessoa que leio muito sobre a cultura oriental, já pratiquei karatê por 7 anos, depois Kung-Fu por 5 anos com o Mestre Marco Natali, que hoje tem um Centro da Fraternidade no Rio de Janeiro. E já pratiquei  Aikido, que é uma arte marcial, além de ser um mantra de energia. É energia pura. O corpo só acompanha a mente e o espírito. Meus Mestres Kawai Shihan, Maruyama Shihan e não poderia esquecer o Mestre da energia Sensei Ono.
lama-michelrio33_amenimario
No Centro de Dharma da Paz, conheci o Lama Michel, ainda muito jovem, sua mãe, a psicóloga Isabel Villares, e seu pai, Daniel Calmanovitch, que me contaram a maratona que passaram para saber se seu filho era uma reencarnação de um Lama tibetano, pois aos 7 anos, ele fazia citações budistas e revelava grandes sabedorias e fatos do budismo. Hoje, Lama Michel vive no Monastério do Lama Gangchen em Dharansala, norte da India, onde habitam a maioria dos Lamas e o próprio Venerável Dalai Lama. Ele tem notebook no seu alojamento, passa a grande parte do tempo na prática de orações e meditação. Em viagens de peregrinação, reúne milhares de pessoas que vão em busca de cura e de iluminação.
lama-gangchen-rinpoche_amenimario
Uma das vezes que o Lama Gangchen Rimpoche esteve no Brasil, houve um encontro espiritual numa casa no Alto de Pinheiros. Muitas pessoas presentes, alguns budistas e outros vieram para conhecê-lo, além de outros famosos. Numa determinada hora da meditação e oração, o Lama Gangchen coçou o nariz e, ao abrir os olhos, notou que todos os presentes estavam coçando o nariz. Então ele disse: – Quero explicar que não é para repetir todos os meus gestos, pois alguns são gestos naturais, como o de coceira no nariz! Todos gargalharam muito!!!
dalai_lama-wall-5
O Venerável Dalai Lama, numa outra vez que esteve em São Paulo, foi recebido como Líder Espiritual. É que o governo de São Paulo tem relações bilaterais com a China, mas esta não reconhece o Tibet como governo e Estado de Direito. Por tudo isto, não poderíamos recebê-lo como Chefe de Estado, mas sim como Líder Espiritual. Diplomacia é isso.
No café da manhã, que habitualmente ele o toma após as orações e meditação que começam as 05hs da manhã, levei-o até o recinto do café, onde os organizadores do aeroporto prepararam-lhe um mesa com muita fartura. Ao olhar a mesa, o Venerável Dalai Lama disse: – Fico triste, pois viajei durante muito tempo, mais de 25 horas de vôo, para falar com um outro povo, e por que vocês querem acabar comigo? Eu não como nada do que está nessa mesa… Todos ficamos muito espantados com a declaração dele.
Então, conversei calmamente com ele, que é uma pessoa, além de iluminada ao extremo, bem humorada e brincalhona. Ele me disse: – Quero apenas uma garrafa de água quente e algumas torradas. A água quente como primeira alimentação é para liberar todas as vias do corpo na mesma temperatura que ele se encontra. Nada gelado, pois seria um choque para as energias.
Frutas cítricas ele também não come. Compreendendo sua alimentação, pedi para retirarem todos os embutidos, frituras, pães, sucos, geléias, etc. E vivemos felizes para sempre… 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s